Anéis feito de moedas antigas, por Nicholas Heckaman

Maneiríssimo, né? O designer Nicholas Heckaman pediu a sua namorada em casamento com um desses. Claro que ela aceitou, né? Muito original! 

O processo de produção você vê AQUI.Tem umas moedinhas antigas aí e tá pensando que uns anéis assim pra selar sua união ou apenas para tirar uma onda com a galera seria uma boa ideia? Pois você pode sim ter o seu anel-moeda, basta dar uma olhada na loja The Ring Tree.

GEEEEEENTE! Hahahahaha!

Mulher toma sol nua em janela de apartamento e causa acidente de trânsito em Viena

Esta mulher provocou um acidente de trânsito ao tomar sol nua e com as pernas pra fora da janela de um apartamento na cidade de Viena, na Áustria. É mole?

A ousadia dela acabou distraindo os motoristas que passavam na rua provocando um engavetamento.

Gregory Shakaki, um estudante que fez o registro do momento em foto, afirma que não acreditou no que estava vendo. Achou que era tudo fruto de uma insolação! Hahahahahaha!

A polícia foi chamada, mas quando a chegou ao apartamento a destruidora de trânsito já havia desaparecido.

Se a moda pega…

O artigo abaixo explica o simples passo-a-passo.

Como contar caracteres numa Planilha do Google Docs? | Mude para o Google Apps

Cena final de 'Melancolia', filme de Lars von Trier

Antes tarde do que nunca, assisti “Melancolia" (2011). A fotografia e a direção de arte são lindas e blá, blá, blá… Mas sinceramente, não sei se captei bem a essência do filme. Por ser tão arrastado (o problema não foi ser longo), acho que acabei me perdendo um pouco. Se a intenção do Lars era fazer de mim um ser melancólico durante duas horas, ele não conseguiu.

Só sei que gostei de ver a órbita da catástrofe iminente por um ângulo diferente dos norte-americanos, onde sempre há uma operação gigantesca sendo arquitetada para que herói salve o mundo no final - mas não sem antes beijar a mocinha.

Esta iminência da colisão dos planetas a mim remete às nossas relações interpessoais. Nossos verdadeiros mundos são sempre desconhecidos aos outros. Neste momento, a órbita dos nossos planetas parece seguir uma trajetória perfeitamente harmoniosa. Até nos revelarmos, surgirmos no horizonte… Aí geralmente entramos em rota de colisão, mas não sem antes ameaçar, refugar… Mas chega um momento que não há mais volta. A colisão acontece. Um mundo deixa de existir. Ou os dois. Ou um vive dentro do outro. Ou os dois juntos formam um novo… Vai saber. Cada um (mundo), cada um (indivíduo).

A quem interessar possa, "Melancolia" está com sinal aberto no Telecine Play até 04/01/2015. É só clicar no link e assistir dublado ou legendado.